Ainda que você tenha um bom projeto e uma equipe capacitada, empreender envolve questionar o tempo todo qual é o caminho certo. Nos momentos de decisão, é bom poder contar com a experiência de uma pessoa que conhece bem o mercado e pode dar uma dica de ouro, especialmente para os empreendedores de primeira viagem. E é nesse ponto que o papel de um mentor de startups ganha destaque.

O mentor é um profissional — geralmente com um repertório rico de experiências, habilidades técnicas e conhecimentos sobre gestão de um segmento específico — que dedica parte do seu tempo para ajudar os outros em sua caminhada por meio de conselhos e direcionamentos.

Assim, a função desse orientador é compartilhar saberes essenciais para direcionar os negócios e preencher lacunas de conhecimento, ajudando o empreendedor a conhecer melhor, na prática, assuntos que ele não domina sobre a administração de empresas — como logística, finanças, legislação e tributos, boas práticas de gestão, entre outros.

O foco é reunir recursos para desenvolver o empreendimento, e não o empresário individualmente — como em um trabalho de coaching. Dessa forma, os fundadores da startup podem trilhar uma trajetória mais segura, se preparando para possíveis ameaças e erros e aumentando suas chances de obter sucesso.

Como você pode perceber, é fundamental contar com o apoio de um mentor. A seguir, daremos algumas dicas sobre o que é preciso considerar na hora de escolher um bom profissional para acompanhar a sua empresa. Continue a leitura para conferir!

1. Procure recomendações

Sem dúvidas, um dos primeiros passos para encontrar um bom mentor de startups é avaliar a credibilidade do profissional. Pesquise bastante e busque recomendações de empreendedores do seu segmento. Faça uma varredura pela carreira e histórico da pessoa pela qual você tem interesse e veja se existe alguma questão ou problema que não se alinha com os valores da sua startup.

2. Conheça os cases já trabalhados

Uma parte importante da pesquisa por um bom mentor de startups é a análise de cases trabalhados. Nesse ponto, um aspecto que faz toda diferença é avaliar tanto os sucessos quanto os fracassos. Tenha em mente que erros fazem parte da trajetória de qualquer profissional e é por meio de falhas que grandes aprendizados e oportunidades são conquistados.

Nesse contexto, é importante que seu mentor tenha vivência e conhecimento em relação a um revés para poder compartilhar com você dicas realmente significativas, bem como apontar que tipo de estratégias funcionam ou não.

Por isso, é crucial estudar a jornada do seu mentor em potencial, entendendo como ele começou a carreira e como progrediu até o momento. Isso tudo diz muito sobre o tipo de experiência que ele tem para passar.

Além dessa bagagem, tenha em mente também que seu futuro orientador deve ter conhecimento avançado sobre diversos assuntos relacionados a gestão. Portanto, é uma boa ideia priorizar profissionais que ocupam cargos na liderança.

3. Garanta o alinhamento de valores

Durante as buscas, você encontrará nomes renomados de pessoas bem-sucedidas em seu nicho que poderiam muito bem acompanhar a sua startup. Contudo, lembre-se de que nem todas compartilham a mesma visão de mundo e valores sobre os negócios que você.

Nesse sentido, a compatibilidade entre mentor e empresário é indispensável para uma boa parceria, pois você precisa conseguir trocar opiniões e vivências com alguém que partilha dos mesmos propósitos e convicções que você. Inclusive, isso ajuda a evitar conflitos de valores que possam atrapalhar o desenvolvimento da startup.

Se, por exemplo, você acredita que questões como sustentabilidade e responsabilidade social são pilares fundamentais para o seu negócio, mas seu mentor julga que esses temas não são prioritários, essa divergência certamente vai limitar o sucesso dessa parceria. Assim, pense que vocês precisam estar em acordo para que o trabalho tenha fluidez e realmente ajude a aprimorar a sua empresa.

4. Escolha um profissional com uma boa rede de contatos

Um bom mentor de startups auxilia empresários com questões práticas do dia a dia, sendo uma delas o networking, que é essencial para a expansão do negócio. É por meio dessa troca de contatos que o empreendedor amplia sua rede e encontra novos parceiros, fornecedores, investidores e clientes.

Se encontrar as pessoas certas parece ser um desafio para você, procurar por um mentor bem relacionado já é um grande avanço, pois ele facilitará seu acesso a esses contatos e apresentar você a profissionais-chave no seu nicho. Dessa forma, tanto você quanto seu produto têm a chance de ser divulgados em uma rede ampla e consolidada de relacionamento, potencializando as oportunidades de negócio.

5. Avalie o atendimento e a disponibilidade

Suponha que, depois de muita procura, você encontrou o mentor de startups perfeito, com grande know-how e ótimas referências. Contudo, ele é diretor de uma grande companhia, tem uma rotina extremamente atribulada e quase não tem tempo para responder suas dúvidas e acompanhar seu negócio.

Como você pode imaginar, essa não é a situação ideal. Afinal, seu mentor deve ter disponibilidade para oferecer uma consultoria adequada. Portanto, esse é um dos fatores essenciais que você precisa checar para não ter uma experiência de mentoria frustrante.

Sempre avalie a rotina do profissional e os canais de comunicação disponibilizados, entenda se o esquema proposto é compatível com suas expectativas e se ele poderá oferecer o que você espera do processo de orientação.

Como vimos, a missão de um mentor de startups é dar suporte aos empreendedores e auxiliá-los ao longo do caminho com base em uma série de estratégias que vão conduzir o negócio ao sucesso. Para que esse trabalho em conjunto dê certo, você precisa encontrar um profissional com competências e habilidades para guiar você nesse percurso.

Por isso, considere nossas dicas para achar o orientador ideal para seu empreendimento e, caso ainda esteja inseguro sobre essa escolha, saiba que existem empresas especializadas nesse tipo de serviço, como as aceleradoras de startup. Além da mentoria, elas apresentam diversos programas pensados para otimizar o desenvolvimento de uma startup.

Tem interesse em tracionar seu negócio e selecionar um bom mentor? Podemos ajudar! Entre em contato e conheça os nossos serviços!