Por mais que as startups sejam mais relacionadas à transformação digital, sistemas, soluções e produtos virtuais, também existem empresas que utilizam as suas inovações em espaços físicos, certo? Nesses casos, é importante pensar em estratégias de Marketing Digital que busquem mais do que fortalecer a presença online da sua marca, como o SEO Local.

O SEO (Search Engine Optimization) é uma estratégia importante para promover o seu negócio nos mecanismos de busca na internet para garantir que mais consumidores conheçam a sua marca. Mas e se você pudesse utilizar a sua localização geográfica como um diferencial? É exatamente para isso que você deve investir no SEO Local.

Com um trabalho bem realizado, você consegue um melhor posicionamento para os usuários que estão buscando por um negócio próximo à sua localização. Que tal, então, saber um pouco mais sobre a importância dessa estratégia, os benefícios, o que você deve fazer e o que precisa ser evitado? É só continuar a leitura deste artigo para tirar todas as suas dúvidas. Confira!

O que é o SEO Local?

A prioridade dos mecanismos de busca, principalmente do Google, é garantir a melhor experiência do usuário. Por isso, além de posicionar as melhores páginas, de acordo com as palavras-chaves procuradas, é possível diferenciar os resultados segundo a localização do usuário e as empresas que estão ao seu redor.

Imagine o seguinte cenário: você está em um bairro que não conhece muito bem e precisa imprimir um documento. Ao buscar por “impressão Copacabana”, por exemplo, o Google vai apresentar as páginas próximas à sua localização e que se encaixam nessa descrição.

Ou seja, as gráficas localizadas em Copacabana (ou na região próxima) vão receber maior destaque. Na prática, a ideia é utilizar o componente geográfico como um diferencial.

Assim, a busca não vai mostrar todas as gráficas da cidade, mas apenas aquelas que podem ser úteis no momento, por conta da sua localização. O trabalho de SEO Local visa, portanto, a mostrar que a sua está em determinada região e, ao mesmo tempo, é uma opção relevante para o usuário.

Por que essa estratégia está ganhando espaço no mercado?

De acordo com um levantamento realizado pela SEMrush, 57% das pesquisas no Google dentro do Brasil foram realizadas por meio de dispositivos mobile — como smartphones e tablets —, ou seja, a localização está se tornando cada vez mais importante. Afinal, se tem uma coisa que não fazemos atualmente é sair de casa sem os nossos celulares, certo?

Qual é o sentido, então, de apresentar uma série de resultados para o usuário que não sejam úteis para ele naquele momento? É preciso direcionar os resultados apresentados a partir da localização de quem está fazendo a busca.

Ou seja, a sua startup tem mais chances de aparecer em uma pesquisa na sua região e, assim, ser visto por um consumidor que precisa do seu serviço. Entre os benefícios de adotar essa estratégia, o principal deles é o aumento da visibilidade da sua empresa na região em que atua.

Afinal, a tendência é que ela esteja associada ao serviço que oferece naquela localidade. Novos públicos também começam a ser impactados e atraídos para o seu negócio — basta pensar no exemplo de quem está em um bairro que não conhece.

Além dessas vantagens, outro fator importante é o incentivo para que o usuário tome uma decisão favorável ao seu negócio. De acordo com um estudo do Think With Google, mais de 3/4 dos usuários que fazem uma busca local por seus smartphones acabam indo ao endereço pesquisado até o dia seguinte, resultando também em 28% de vendas nessas situações.

Quando é vantajoso utilizar o SEO Local?

Apesar de extremamente eficiente, é importante evitar alguns erros de SEO Local só vai ser útil ao seu negócio se fizer sentido atrair clientes para o seu espaço físico. Caso as suas vendas sejam feitas por meio de reuniões e negociações mais longas, por que a pessoa deveria ir ao seu endereço?

Por isso, caso a sua empresa trabalhe, por exemplo, com vendas presenciais, essa tática se torna vantajosa. Assim que definir o MVP para a sua startup e abrir as suas portas, você já deve começar a investir em um melhor rankeamento por localização.

Quais as melhores práticas de SEO Local?

A ação mais importante que você deve colocar em prática é, sem dúvidas, a criação de uma página para a sua startup no Google Meu Negócio. Nessa ferramenta, você vai destrinchar as principais informações da empresa, do link para o seu site até telefone para contato, endereço e horário de funcionamento.

O SEO Local considera esses dados na hora de fazer o rankeamento. Outro fator importante é modificar o mindset da sua startup e, diferentemente de uma estratégia convencional de SEO, focar os resultados obtidos, e não necessariamente na quantidade de tráfego orgânico gerado.

Até porque, se está investindo em SEO Local, isso significa que uma conversão pode ser feita pessoalmente —e o mais importante é levar o cliente até o seu endereço.

Como falamos acima, o Google valoriza a opinião e a experiência do usuário, certo? Quer informação mais importante do que o feedback de quem já visitou o seu endereço? Por isso, incentive os seus clientes a realizar avaliações positivas no Google Meu Negócio, o que vai indicar ao algoritmo do buscador que o seu local gerou satisfação para quem o visitou.

Além disso, é importante investir em ações de Marketing de Conteúdo com um viés um pouco diferente, sempre destacando a sua região de atuação. Isso faz com que a sua startup seja vista como uma referência na localidade, o que também contribui para o melhor posicionamento na página de resultados do Google.

Utilizando as dicas de SEO Local, você vai conseguir impactar o usuário que está procurando uma solução próxima da sua localização e, assim, aumentar as suas chances de atrair mais um lead para o seu negócio. Com as práticas certas adotadas, a tendência é que, aos poucos, a sua empresa se torne uma referência não apenas no seu segmento, mas na sua localidade.

Por mais que seja uma estratégia muito eficiente e utilizada pelos mais diversos tipos de negócio, o SEO Local é, sem dúvidas, uma forma de encontrar oportunidades para acelerar o crescimento da sua empresa. Que tal, então, conhecer um pouco mais sobre essa prática? Confira o nosso conteúdo e descubra por que trabalhar a técnica de growth hacking na sua startup!